Pra ganhar, basta ser preso


Fui conferir a veracidade de um e-mail com ares de lenda-urbana, e vi que é verdade. Esse nosso governo assitencialista criou o Bolsa Cadeia.

Trecho retirado do FAQ do site:

Quantos benefícios de auxílio-reclusão são pagos atualmente no país?
De acordo com o Boletim Estatístico da Previdência Social (Beps), o INSS pagou 29.790 benefícios de auxílio-reclusão na folha de janeiro de 2011, em um total de R$ 18.707.376. O valor médio do benefício por família, no período, foi de R$ 627,98.

Lá também explica que o benefício é calculado com base na contribuição do “injustamente” encarcerado.
Ou seja, o crime organizado ganha aí mais uma forma de se dar bem. O sujeito que já faz filho adoidado, com a intenção de se sustentar como Bolsa Família, pode aí arrumar um emprego de carteira-assinada qualquer, trabalhar por, digamos, 1 ano (dando boa margem pro marginal), assaltar uma padaria (de preferência enquanto o policial barrigudo toma seu pão-com-manteiga e média), conseguir ser preso e daí garantir uma mesada confortável pra família.

Agora: se o preso for um “pobre desempregado” que “roubou pra comer”, mas que recebe o Bolsa Família por ter filhos na escola, ele acumula os benefícios, né? Que magavilha
Fazendo assim, do crime, um “negócio” altamente rentável! Sem contar a regalia de poder usar celular no “hotel do governo”.

Mas vai você tentar acumular descontos em atividades culturais, como reduzir um ingresso de show a 1/4 por ser estudante e estar com a filipeta…

De novo: o governo precisa ser impedido continuar com esse plano nefasto de colocar cabresto nos “menos favorecidos”.
Infelizmente, não é da classe baixa que a recusa vai surgir, até porque eles não são lá tão ingênuos assim. Tem que vir do nosso lado, posto que somos nós, pagadores de impostos, que financiamos “o peixe” que é distribuído pelo país afora.
E como? Combatendo incessantemente as políticas absurdas e abusivas como, por exemplo, o sistema de cotas dos vestibulares.

Um desejo meu é alcançar um nível de conhecimento que possa requerer mudanças sérias, a serem discutidas mais pra frente aqui no blog.

Caros, não é preciso muito esforço para ver como as coisas andam erradas do lado de cá do Greenwich.
Esse post é pra reiterar o que já tem sido mostrado, de como nesse país, bandido tem mais direitos (humanos) que os cidadãos de bem. A começar por essa corja maldita de advogados criminosos criminalistas que se vendem.

Olha, não sei bem se em algum ponto da Constituição qualquer pessoa no banco dos réus tem direito a um defensor. É, claro, uma situação delicada, mas sem dúvida, um advogado que aceita defender um mau-elemento SABENDO que é culpado, merece passar a integralidade da sentença algemado ao réu. De sorte que em casos muito absurdos (ou muito óbvios), como o caso do atrolepador de ciclistas do RS o correto seria, no máximo, permitir que o acusado tentasse se defender sozinho.
Nem precisa ir tão longe no passado nebuloso dessa justiça cega. Basta imaginar o que se daria se o atirador de Realengo tivesse ficado vivo.

Citando uma frase lida no twitter por esses dias: “Ainda não se inventou maneira mais eficiente de combater a criminalidade do que prender bandidos.”

O Andarilho

Anúncios

2 pensamentos sobre “Pra ganhar, basta ser preso

  1. Salutationis!

    “Citando uma frase lida no twitter por esses dias: ‘Ainda não se inventou maneira mais eficiente de combater a criminalidade do que prender bandidos.'”

    Exatamente! A prova disto é o que o Reinaldo Azevedo expõe nos artigos São Paulo tem um terço dos homicídios do Rio, mas o Jornal Nacional faz paulista ficar com inveja da população fluminense. E a velha questão da lógica e Ainda a violência e a delinqüência intelectual.

    O pior é que a mãe de uma família, cujo pai fosse morto por um homem que, depois viesse a receber o benefício, essa mãe não receberia do governo nenhum tostão, nem que ela e os filhos dela fossem ao Palácio do Planalto implorar de joelhos. E ainda dizem que temos um governo preocupado com a “justiça social”…

    Pax et Salutis

  2. Pingback: Crime? Não… compensa! | O Legado d'O Andarilho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s