Convite – 28 de Setembro: Ato Civil Público contra o aborto


No dia 28 de setembro de 2012, todos os grupos feministas irão tentar promover o odioso “Dia Internacional do Aborto Seguro e Legal”. Nós católicos temos a obrigação de defender nossas crianças contra esta aberta apologia ao crime.

Neste mesmo dia, em diversas cidades do Brasil haverá campanhas e eventos diversos para promoção do combate ao aborto. Procurem seus párocos e peça para que eles fiquem atentos, pois poderá ocorrer tentativa de invasão de grupos feministas radicais, semelhantemente o que aconteceu durante a Marcha das Vadias no Rio de Janeiro.

No Rio de Janeiro haverá a partir das 16:00 um Ato Civil no auditório da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ). Logo em seguida, seguiremos para o Largo da Carioca e lá faremos uma distribuição pacifica de panfletos para conscientização das pessoas do crime do aborto e a sua promoção.

Todos os católicos estão não convidados, mas intimados a ir, pois precisamos manifestar nossa fé e deixar claro aos promotores da cultura da morte que eles podem querer tirar o direito de bebês indefesos de nascer, mas não conseguirão. É hora de defender aqueles que não o podem fazer ainda.

As crianças de todo o Brasil precisam de nós.

(Fonte: http://www.sentinelacatolico.com.br/index.php/2012/09/28-de-setembro-dia-de-lutar-o-aborto/)

ABORTO_nao1


Veja também:

Aborto não é necessário

Um aborto mal feito da Planned Parenthood deixa mulher estéril

4 pensamentos sobre “Convite – 28 de Setembro: Ato Civil Público contra o aborto

  1. Sim, é. Mas mais do que isso, ele representa o que de pior pode surgir da Reforma: um líder cheio de controvérsias (conheço gente que afirma que ele seja macumbeiro) e que perverte a doutrina cristã.

    No entanto, ele faz o que é prática conhecida: diz para os seus fiéis o que eles querem ouvir. Se a Igreja Católica impõe um pesado jugo com a proibição da prática do aborto (ou mesmo do uso dos contraceptivos) então precisamos de uma nova igreja que “alivie a consciência” das pessoas.

    • Não tenho como discordar de você… Só tenho que acrescentar um ponto: O Macedo é filho “bastardo” da reforma.

      Sua igreja é fruto de um evento que muitos teólogos entendem como uma “segunda reforma”. O movimento que ocorreu no inicio do século 20, conhecido por “Avivamento da rua Azuza” deu inicio ao primeiro cisma do protestantismo. De um lado ficaram as Igrejas históricas (conhecidas por reformadas por serem herdeiras legítimas da reforma) e do outro as “avivadas” (ou pentecostais, ou carismáticas, ou espiritualistas, etc…).

      Por serem emotivas e gastarem muito tempo e energia buscando a operação de milagres e sinais visíveis, tais igrejas viraram terrenos férteis para o surgimento da maligna, diabólica e perversa teologia da prosperidade (não por acaso, surgida nos EUA também).

      Valeu!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s