E a chiadeira dos imbecis da PUC-SP continua


(Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidiano/80645-puc-em-cena.shtml)

PUC em cena

Diretor de teatro Zé Celso faz ato no “Pátio da Cruz” a pedido dos alunos grevistas que querem desistência de reitora indicada por arcebispo

O “Pátio da Cruz”, no campus da PUC-SP em Perdizes (zona oeste), foi invadido ontem por centenas de estudantes e um boneco de 3 m de altura representando um padre.

O sacerdote, que dizia “querer a PUC”, teve partes do corpo mutiladas até perder a cabeça. Morreu ouvindo a frase derradeira: “O senhor também não pode querer ter tudo. Muito menos a PUC”.

A encenação foi conduzida por um ex-aluno famoso da universidade, o diretor de teatro Zé Celso Martinez, que reuniu cerca de 200 pessoas no pátio às 18h em ato em prol do movimento grevista que pede a desistência da professora indicada para a reitoria, Anna Cintra.

Zé Celso iniciou o espetáculo com frases provocativas: “Fora Anna Cintra!”; “O Vaticano tem que entrar pelo cano! Chega!“.

A plateia -alunos, ex-alunos e professores- ovacionou a cena, adaptada do espetáculo “Arcodes”, do próprio diretor e em cartaz atualmente em São Paulo.

Zé Celso, conhecido pela inventividade (e longa duração) de suas obras, foi convidado para fazer o ato pelos próprios alunos.

“O movimento político da PUC ficou forte e vai tocar o mundo. O papa é um ditador. A Igreja castra e o catolicismo é antropófago”, disse Zé Celso, após o ato.

O diretor foi aluno de filosofia da PUC-SP. Disse ter desistido após dois anos de curso porque a instituição não tinha a democracia que tem atualmente.

DEMOCRACIA

Presente no ato, Sônia Inácio, professora de pós-graduação, disse o movimento grevista é justo.

“Acho [o ato] maravilhoso! A arte deve ser empregada também para ajudar momentos políticos.”

Para Andréia Fischer, 23, aluna de psicologia, a luta dos estudantes é maior que a indicação para a reitoria.

“É uma luta a favor da democracia em todas as universidades”, afirmou.

TERCEIRA COLOCADA

A greve começou no dia 13, depois que Anna Cintra foi indicada para a reitoria por dom Odilo Scherer, arcebispo de São Paulo e grão chanceler da PUC-SP.

Ela ficou em terceiro lugar em uma eleição entre alunos, funcionários e professores.

O estatuto prevê que a escolha final, entre os nomes de uma lista tríplice, cabe ao cardeal, mas, tradicionalmente, o primeiro era o nomeado. O vencedor foi Dirceu de Mello, o atual reitor.

Cintra deve tomar posse do cargo na sexta-feira. A comissão do movimento diz que os alunos e professores pretendem manter a greve até que ela desista do cargo de reitora da universidade.

DESRESPEITO

A assessoria da PUC disse que a reitoria não iria se manifestar sobre o ato.

A assessoria da Arquidiocese de São Paulo informou, em nota, que “desconhecia as manifestações do senhor José Celso Martinez acerca da fé católica e lamenta que o referido senhor desrespeite o sentimento religioso de milhões de brasileiros”.

“Mais lamentável o fato de as ofensas acontecerem no contexto do ambiente acadêmico, do qual se espera o mínimo de convivência com a liberdade de crença”, afirmou a arquidiocese.

***

OBS: a matéria erra ao dizer que o boneco representa um padre. A vestimenta é de bispo. Os grifos são meus.

Eu continuo defendendo a reprovação em massa dessa turba de vagabundos. É impressionante como, com a desculpa de se lutar por democracia, um grupo de celerados ouse atacar a autoridade que rege a instituição. Se descontentes com o regimento interno da universidade católica de São Paulo, que saiam! Não é a única universidade da cidade, do estado, do país.

Sr. Zé Celso, antes o catolicismo fosse mesmo antropófago, para que o senhor e suas marionetes pudessem ser REGURGITADOS de uma vez, do campus.

Atualização: D. Evaristo Arns, bispo emérito de São Paulo e ex-grão chanceler da PUC-SP condena, em carta, manifestações contrárias à decisão de D. Odilo


Veja também:

Defensores de ‘democracia’ na PUC-SP publicam ‘nota oficial’ falsa de d. Odilo

9 pensamentos sobre “E a chiadeira dos imbecis da PUC-SP continua

    • Salve, Filonescio!
      O movimento de D. Odilo foi bom. E espero que seja perseverante.
      Ele precisa agora é do apoio da mídia católica, dos artistas católicos e do clero circunvizinho.
      Mas cadê?…

      • D. Odilo não tem apoio de boa parte do seu clero insatisfeito com sua administração… essa é uma triste verdade. Tudo bem se estão insatisfeitos, mas isso não justifica o abandono nessa hora! Preferem ver a fé católica ser desprezada pela ingerência de anti-católicos do que defendê-la!

  1. Pingback: Blog Carmadélio » Arquivo do Blog » * A Crise nas Universidades Católicas: PUCPR, PUCSP e…

  2. Viva Cristo Rei!

    Infelizmente Dom Odilo está colhendo um pouco daquilo que, se não plantou, pelo menos deixou crescer sem muita resistência. Nós podemos ver aqui, aqui e aqui que Dom Odilo, em passado recente, foi no mínimo mole com essas tendências vermelhas e autoritárias em seu território.

    Nosso tempo pede bispos de pulso firme. Rezemos para que Dom Odilo tenha forças para enfrentar os inimigos da Igreja.

    Pax et Bonvm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s