Paródia Faroeste Wyllys


Saudações!

Apresento uma paródia inspirada na vida pública do deputado federal pelo PSOL-RJ, Jean Wyllys, famoso por seus chiliques anticristãos.
Para os que pensarem em acusar este cantor de desafinado, devo lembrar que uma paródia não tem compromisso com a afinação (vide Tiririca, Caçarola, etc); mas bem que eu até me esforcei. O importante mesmo é o conteúdo da letra.
Longe de mim, também, causar algum mal à reputação da música original, seja pela execução amadora, seja pelo empréstimo sem aviso, hehe. Vale notar que não foi estabelecida nenhuma relação direta entre as personagens fictícias e as reais.

É óbvio que não é também um protesto por todas as ofensas proferidas pelo ex-BBB à Igreja Católica e aos cristãos em geral. Mas, convenhamos: um indivíduo que dispara críticas em português para um perfil de twitter de língua inglesa, só poderia ser motivo de piada mesmo 🙂

Urbana Legio Omnia Vincit Christo Nihil Praeponere

***

Faroeste Wyllys
(versão humorística da canção Faroeste Caboclo, de Legião Urbana)

“Não tenha medo deputado Jean Wyllys”
Era o que todos diziam quando ele se elegeu
“Deixe pra trás todo marasmo de ‘A Fazenda’
Ou seja lá de qual programa sua fama procedeu”

Quando criança só pensava em ser gayzista
Ainda mais no socialismo!
A fantasia só cresceu
O empurrão de seu padrinho, o Chiquinho
O levou para o congresso e rapidinho ele aprendeu

Ouviu a Igreja só pra arranjar um pretexto,
Pra dizer que a bíblia e o papa lhe queriam mal
Dizia que tinha nascido diferente
Que se dane a natureza, ele é homossexual!

Decerto só queria se apaixonar
E ser feliz com um homenzarrão
A sociedade não queria aceitar
De escolha própria, escolheu a confusão

Beijava todos os meninos da cidade
Não pensava em ser hetero
Meninas? Que horror!
Acho que foi lhe dando uma urticária
E esqueceu como se deve respeitar o opositor

Homofobia uma palavra inventada
Que caiu como uma luva no discurso enganador
Surtou, tentando difamar o cristianismo
E vez por outra ele tropeça no que disse o Salvador

Na vida pública entrou para psolzinho
E encontrou umas bandeiras para militar:
A causa gay, liberdade pro aborto e pra não perder a viagem: o bordel empregador
Dizia ele: estou indo pra Brasília, acho que a Marta pode me ajudar
Se aprovar o PL 122, a cristandade vai ter logo que calar

Jean Wyllys diplomata é uma bosta
E espalha estupidez na rede social
Quem não ficou bestificado co’a ofensa
Dirigida a Pontifex, tão pertinho do natal?

Meu Deus, mas que selvageria!
Esse senhor devia ir se confessar
O papa Bento não tem culpa se ele é gay mas, se lhe desse um conselho, Wyllys ia recusar

A 2000 mil anos – mais ou menos – insistimos que o homem e a mulher são feitos pra se completar
Mas Jean Wyllys acha mais interessante um homem com um outro homem por trás se conectar
Metade do STF me diria que homem com homem agora pode se casar
Chamaram isso de união estável,  mas prometeram que iria piorar…

E Jean teve a atenção que desejava
Vários blogs reportaram seu abuso magistral
Eu mesmo discuti com o parlamentar
Mas como era previsível preferiu tergiversar
O deputado não fez qualquer cerimônia
E fez de tudo que podia pra Igreja difamar
Repetiu logo aquela velha baboseira
Aprendida nas aulinhas de história:

A igreja aprovava os escravos
E antes matava índio
“Isso é pouco pra você?”
E João Paulo II que era rico, como todo papa, tinha que o trono vender
Pio XII na verdade era nazista e não moveu uma palha pro judeu se libertar
Antigamente quem afrontava a Igreja, ia parar na fogueira, não podia escapar

Na primeira mentira ele dançou
Jaime Balmes explicou o fim da escravidão
Jean Wyllys morde a língua e se queixa: proselitismo eu não aceito não!

Mas vejam o deputado Jean Wyllys
Destemido no twitter xinga o papa e o escambau!
Não tem menor noção do que é decoro
E abertamente ele ofende um líder Estatal

E então, agindo feito uma menina que esconde no diário o segredo que é só seu
Jean Wyllys não se responsabiliza pelas coisas que escreve, ele só quer alimentar
O ódio que os outros gays têm da Igreja, que ela deseja tanto dissipar
Jean Wyllys resolveu se bloquear
Os tuítes dele eu parei de ver…

O tempo passa, mas sempre vem à mídia
O grupinho dos gayzistas com projeto na mão
Fazendo sempre uma proposta indecorosa que apresenta mil perigos para a população
O kit-gay do MEC é uma maravilha
E em colégio de criança será sensação
Ensina probabilidade, que beleza!, e ainda ensina quando usar seu fiofó, ou não…
Como se não bastasse entrar na nossa casa
Com aquelas porcarias da televisão
Mas eles dizem que é tudo com motivo
De mostrar pra sociedade a discriminação
“Nós vamos acabar com a discriminação”
“E cada gay vai ter uma nova certidão”
“O travesti vai ser a musa da canção”
“E ai de quem não contratar a sapatão”

Não é que eu não ache isso certo
Mas há casos em que você não pode nos obrigar
E também digo que é um grande exagero
A mudanças que vocês querem pro Código Penal
A violência no Brasil é um desespero
E não é opção do sexo um fator a agravar
‘Inda por cima as estatísticas dos gays são tão furadas que incluem até crime passional

Mas acontece que um tal de Malafaia, protestante de renome apareceu no ar
Ficou sabendo dos planos de Jean Wyllys
E disse que o cristão tem que se manifestar

“Reprovem o PL 122 pra que o pastor não seja preso ao pregar
Esse projeto ainda vai ser derrubado se depender da bancada parlamentar”

Lá em São Paulo fizeram uma passeata
E espalharam uns cartazes altamente imorais
Se não bastasse incentivar promiscuidade
Ainda usaram as imagens de santos, não é legal!

E nisso eu concordo com o Malafaia
Esse abuso não pode continuar
Tanta burrice que fala Jean Wyllys
Que haja estômago pra gente aguentar

Falou que a Igreja silencia
A pedofilia que um padre cometeu
Só que ele se esquece que o homem que abusou
De um menino, ele tambem é GAY!

ÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉéééééééé

Jean Wyllys é só ódio por dentro
E mais de uma vez o papa Bento ele atacou
Não importa que a mensagem não se trate
De uma ordem mundial mas recomendação

Pro esquerdista a mentira é sua arma
Seu discurso visa sempre promover difamação
Que não passa de um blefe asqueroso
Em dez minutos de pesquisa se desmente o bordão

Eu só não sei o que o Wyllys vai fazer
Quando o papa visitar esta nação
JMJ se aproxima, eu quero ver
O deputado espumar de emoção

O papa vem pra JMJ
E o “arco-íris” imoral vai tentar lhe impedir?
Um santo homem cujo peso em suas costas
Jean Wyllys nem em sonho poderia competir

A Igreja desde os tempos mais remotos sempre olhou para os aflitos e ajudou os excluídos
Fundou orfanato, leprosário, hospitais e ainda mandava missão para o exterior
Em caridade a Igreja só avança e prega a paz em rede internacional
O deputado gay só sabe dar chilique e a fama da sua tribo é que fica mal

O pecado já cegou seus olhos, deputado, sua mente quase apodreceu
Mas Jesus Cristo é nosso Salvador
E se outra chance Ele te concedeu?

Jean Wyllys eu sou homem coisa que você não é
E não bloqueio meu twitter não
Olha pra cá engravatado sem vergonha
E dobre a língua antes de dirigir palavra a algum cristão
A sugestão que eu deixo pro senhor
É refletir sobre o posto que ocupou
Eu também pago seu salário, meu senhor,
E exijo o seu respeito pelo meu pastor!

E pro povo que ainda acha que político vermelho é preocupado com o futuro de vocês
Com discurso de respeito, igualdade, liberdade, honestidade e o que mais terminar em “dade”
Lhes convido a fazer uma pesquisa
Abram o google, coisa rápida,  vocês vão ver
Separe apenas o número com hífen,
E digite a sigla PNDH-3

(Letra: Bruno Linhares / Execução: Bruno Linhares)


Leia também:

O Papa está no twitter. E os anticlericais também

Análise do PL 122

Tudo sobre o PNDH-3
Jean Wyllys: o Maduro brasileiro

Anúncios

20 pensamentos sobre “Paródia Faroeste Wyllys

  1. Nossa!!! Parabéns, já divulgarei aos meus amigos, sensacional mesmo! Eu mesma enviei um email ao exmo dep. que me respondeu… palavras de desespero coitado!!

    • Mandou um e-mail para ele mostrando esse vídeo? Ou em outra ocasião?
      No geral ele sempre responde prontamente a quem fala com ele, especialmente se for crítica. Só não leva a conversa muito à frente.

  2. devidamene compartilhado no faccoloca a letra no youtube.. Fica melhor.. Apoio sua luta.. Tbm fui bloqueada pelo pseudo inteligente, ex bbb e atual deputado sem noção.

  3. Excelente meu caro. Que todos aqueles que se sentem indignados, como estamos sendo tratados, por aqueles que pregam a igualdade e na verdade discriminam os que não comungam com suas práticas, encontrem aqui uma forma de manifestar também a dicordância das políticas que incitam a uma vida libidinosa e prostituída de todos os valores. Defender os valores morais, familiares e cristãos jamais poderão se considerar ultrapassados, ainda mais quando os mesmos representam a base de uma sociedade justa, fraterna e evolutiva.

    Que possamos realizar uma faxina em todos os setores, a fim de que a sociedade não se dissolva e se dissipe como pretendem aqueles que se julgam soberanos, quando na verdade são todos nossos empregados.

    • Isso mesmo, Yorran. Temos que conscientizar a sociedade do perigo que está sendo engendrado. E até mesmo os gays, que são massa de manobra.
      Como foi dito no YouTube: o maior inimigo dos homossexuais é a militância gay.

  4. Achei o teu texto para a parodia bem embasado, a parte sobre a caridade foi muito bem colocada, a Igreja apesar das inúmeras falhas, foi quem criou os trabalhos humanitários, de ajuda ao próximo….assim como Jesus Cristo pregava! Mas assim como Cristo pregava a solidariedade com o próximo, também foi o autor da frase: atire a primeira pedra quem nunca pecou. Nao gostei muito de alguns termos que você usou para falar dos gays, achei muito baixo e acredito que muitas pessoas que nao merecem, vão se sentir ofendidas também. Essa é a minha opinião viu? Nao estou querendo desfazer o teu trabalho, que na verdade é uma resposta as ofensas gratuitas de quem nao se sente aceito por determinado grupo e quer por isso acabar com o mesmo, desmoralizando-o, e esquecendo que existem pessoas boas e ruins em todos os cantos do mundo. Assim como tem pastor e padre “mau”, tem gay bom e mau, tem direitista bom e mau, tem esquerdista bom e mau e assim por diante.

    • Gabriela,

      Te agradeço pela atenção em comentar.
      Procurei tomar cuidado para não usar termos de baixo calão. Evidentemente, tratando-se de uma paródia, me era permitido lançar mão de figuras caricatas. Devo admitir, contudo, que penso que a letra não poderia ser muito diferente, tendo o homossexualismo como tema; não só por ser este um comportamento que desvia-se do natural (criando assim situações que podem nos provocar estranhamento), mas pela proporção que a expressão pública de afirmação dessas pessoas tomou ultimamente.
      No mais, os “termos técnicos” (como “por trás se conectar”) tinham que constar, na minha ideia de mensagem, porque, afinal de contas, como estou falando contra esse comportamento que condeno, devo ser franco.

      Deixei de justificar algum dos termos usados?

      Ironicamente o deputado Jean usou essa mesma passagem para legitimar a sua defesa da regulamentação da prostituição. Mas tudo bem, a sua intenção eu tenho por boa. A resposta que preciso te dar é semelhante à dada a ele: não se deve esquecer da conclusão da passagem: Jesus disse para a adúltera não pecar mais. É isso que nós cristãos devemos dizer para os gays que acolhemos e defendemos da discriminação do mundo: lute para abandonar o pecado.

      Pra finalizar, registro minha avaliação das suas constatações:
      Quanto a padres e pastores, há bons e maus, sim.
      Gay bom e mal, não existe. Gay não é gênero nem raça ou ofício. Temos que enxergar homens e mulheres.
      Direitistas bons, por aqui, já na ativa, admito que não conheço 🙂 Os direitistas que pudermos classificar como maus (de novo: por aqui), são esquerdistas que ainda não saíram do armário (aproveitando o clima da paródia), são candidatos a esquerdistas, ou mesmo esquerdistas infiltrados.
      Não há bom esquerdistas, não se tomarmos a acepção mais essencial da palavra “bom”. O esquerdista ou é “pleno”, o que faz dele mau, ou é um “inocente útil” (alguns diriam “idiota útil”, mas não quero te fazer repetir a reprimenda à uma terminologia ofensiva).

      Paz e Bem.

  5. PARABÉNS!ESPETACULAR!
    QUEM É HOMOSSEXUAL É OBRIGADO A CONCORDAR COM VC,CASO CONTRÁRIO É PORNOSSEXUAL COMO ESSE DÉBIL,VAGABUNDO QUE PEGA O NOSSO SALÁRIO E FICA RODANDO A BOLSINHA EM PROGRAMAS DO NÍVEL DELE.HOMOSSEXUAL DE VERDADE SABE QUE NÃO EXISTE HOMOFOBIA E SIM “HOMEMFOBIA”.SAIBAM QUE ESSES DELINQUENTES,PSICOPATAS,QUE SE INTITULAM HOMOSSEXUAIS SÃO PORNOSSEXUAIS,OU SEJA,AQUELES QUE QUE QUEREM APARECER PARA OS OUTROS E NÃO PARA O PARCEIRO EM SI,PORQUE NÃO SE SENTEM AMADOS,SEGUROS,E AÍ É COMO SE FOSSEM ADOLESCENTES DESPREPARADOS PARA AS DIFICULDADES DO DIA-A-DIA.PRECISAM CHAMAR A ATENÇÃO E CONSEGUIRAM ISSO ATRAVÉS DOS POLÍTICOS QUE OS USAM,ACABAM INDIRETAMENTE COM A AUTO-ESTIMA DELES,POIS,INSINUAM QUE QUEM NÃO OS ACEITAM SÃO DISCRIMINADORES(HOMOFÓBICOS).PARECE PIADA OU COISA DE OUTRO MUNDO.OS POLÍTICOS ENCONTRARAM A FRAGILIDADE DELES QUE É A INSEGURANÇA,BAIXÍSSIMA AUTO-ESTIMA E AÍ CONSEGUEM MANIPULÁ-LOS COMO SE ELES FOSSEM ROBÔS,BICHOS,SEI LÁ O QUE MAIS.AGORA PERGUNTE PRA UM HOMOSSEXUAL VERDADEIRO COMO É QUE ELE CONSEGUE SE SUPRIR,SE AUTO-AFIRMAR,COMBATER SUAS ANSIEDADES:PROVAVELMENTE ATRAVÉS DA BEBIDA,DROGA E SE TIVER UMA CABEÇA MELHOR VAI BUSCAR A ESPIRITUALIDADE.HOMOSSEXUAL É SER HUMANO.SE ELE NÃO BUSCAR EQUILÍBRIO ESPIRITUAL VAI TER OS MESMOS PROBLEMAS QUE UM HOMEM E UMA MULHER TEM.JÁ OS PORNOSSEXUAIS VÃO PRA RUA PLEITEAR UMA VIDA MELHOR;DIREITOS IGUAIS.QUEM SABE UM POLÍTICO COMO ESSE DEPUTADO OTÁRIO AINDA NÃO VAI OFERECER VIDA ETERNA PRA ESSES HISTÉRICOS?

    • Olá, James.
      Feliz 2013!

      Uma dica: a regra de etiqueta na Internet (também chamada de “netiqueta”), diz que escrever tudo em CAIXA ALTA equivale a gritar. É sempre bom evitar isso.

      Não me agrada a criação de mais um termo (pornossexual) nessa salada de denominações. Até mesmo porque a raiz dos conflitos de interesses está justamente em pretender que gays são outra coisa que não homens ou mulheres.

      Mesmo assim, concordo com a sua colocação. Pessoas como Jean Wyllys acabam por usar os gays como fantoches, como massa de manobra. É importante perceber que políticos como Wyllys não pervertem apenas as necessidades e anseios das pessoas com comportamento homossexual, mas corrompem as necessidades de outros grupos sociais também; para as mulheres que se encontram em situação de gravidez indesejada, ao invés de lhes prestar um auxílio verdadeiramente humanitário, prezando pela sua saúde física e psicológica, as empurram para os riscos clínicos do aborto; para as pessoas na situação indigna da prostituição, ao invés de lhes oferecer uma saída que possa reinserí-las no convívio social, eles as aprisionam, com a desculpa de dar “melhores condições de trabalho”.

      O próprio Jean não é muito mais que um instrumento nas mãos dos socialistas.

      Agradeço seu comentário.

  6. Pingback: A igreja católica realmente cooperou com o extermínio de judeus? « Brasil Progresso

  7. Fantástica paródia! Esse tipo de humor a militância gay não tem, o que os leva a ficarem mais pê da vida ainda!

    • Obrigado pelo seu comentário, Daniel!
      A nossa guerra contra a destruição dos bons valores é cultural também. Que essa minha humilde contribuição suscite mais e mais iniciativas para equilibrar o jogo.

      Paz e Bem

  8. Pingback: A infelicidade com Marco Feliciano | O Legado d'O Andarilho

  9. Pra que usar o talento para uma coisa que presta né? Acho fascinante o tesão que os héteros tem na hora de falar mal dos gays. Sabe o que os gays fazem quando gente escrota tem a mesma atitude que as suas? Eles riem! Para caralho! Mas viva no seu quadrado, vc foi criado assim né? Morrerá assim, infelizmente inteligência é para poucos! Beijo!

    • Gabriel,
      Você, particularmente, não parece ter achado muita graça. Seu comentário está com o colorido (pra tentar falar a sua língua) pálido da raiva contida a muito custo.
      Se não tivesse ficado tão afetado pelo que assistiu, perceberia que não se falou mal de gay algum na canção. Você não é capaz de apontar qualquer calúnia ou difamação.
      Mas diferente de mim, ao que tudo até aqui indica, você foi criado um gay recalcado, que não consegue justificar o instinto de perseguição, limitado a rosnar, como um injustiçado, sem profundidade de discurso. Pena. Preciso concordar contigo: inteligência é para poucos. Mas não se precisa dela para constatar isso, pelo visto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s