Sua Santidade, o papa Francisco


habemus-papam

No quinto escrutínio, fumaça branca!
Foi uma emoção interessante para mim, que em 2005 não acompanhei o conclave que elegeu Bento XVI. Num dia corrido, recebi a notícia enquanto almoçava e me apressei a novamente ficar online, em especial no twitter, para descobrir quem havia sido eleito e qual nome seria. Também fiquei ligado na Rádio Catedral FM (106,7 MHz) e de lá captei o anúncio, em meio à eletrizante vibração do povo que estava, ao vivo, na praça de São Pedro. Até meu colega de trabalho protestante batista estava ligado em alguma rádio acompanhando!

Confesso que não adquiri ainda o costume de acompanhar de perto os cardeais, então agora começarei a pesquisar mais sobre a carreira do papa.

Sobre o papa Francisco, cardeal Jorge Bergoglio, argentino, temos o seguinte:

Jorge Bergoglio nasceu em Buenos Aires, um dos cinco filhos de um trabalhador ferroviário italiano e sua esposa. Depois de estudar no seminário de Villa Devoto, ele entrou na Companhia de Jesus em 11 de março de 1958. Bergoglio obteve uma licenciatura em filosofia, e depois ensinou literatura e psicologia no Colégio de la Inmaculada em Santa Fé, e do Colégio del Salvador, em Buenos Aires. Foi ordenado sacerdote em 13 de dezembro de 1969, por Dom José Ramón Castellano. Frequentou a Faculdade de Filosofia e Teologia de San Miguel, um seminário em São Miguel.

Recomendo também a leitura deste artigo que saiu no site do jornal Gazeta do Povo.

Me diverti com o resultado inusitado, principalmente por ser completamente imprevisto pela mídia secular palpiteira. Como afirmei já umas duas vezes, não comungo da rixa futebolesca que se vive entre brasileiros e “hermanos”. Também penso que seja cedo para se preocupar com um risco de promoção da teologia da libertação. Oramos para que o Espírito Santo nos desse um santo padre. Continuemos – melhor, redobremos! – a dirigir nossas preces a Deus que ilumine e abençoe o novo pontífice.

Corre a informação de que ele é tido como conservador. Diz-se que é firme opositor do aborto e do homossexualismo. Bom.
No mais, é jesuíta. Que o exemplo do beato padre José de Anchieta o guie. E também dos santos Francisco de Assis e Francisco Xavier.
A barca de Pedro segue navegando. E este é o seu comandante.

papa_francisco

Fonte: blog Dominus Vobiscum


Veja também:

Conheça um pouco da vida do papa Francisco

Resenha do filme “As Sandálias do Pescador” – Projeções de Fé

10 fatos sobre o papa Francisco

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s