Dor eleitoral de cotovelo

Dor de cotovelo

Quando uma pessoa A sente inveja da outra pessoa B por que essa pessoa A queria estar no lugar da outra pessoa B.

 

Em terra de cego, Andrea Gouveia parece ter pelo menos três olhos, que funcionam só quando convém

Evidenciando o que eu já venho mostrando aqui no blog[1], que socialismo e cristianismo não combinam, tomo conhecimento desta matéria,  que se inicia assim:

Vereadora acusa Paes de usar repasses de verba como mensalão religioso

Em um texto enviado a eleitores por e-mail nesta quarta-feira (19), a vereadora Andrea Gouveia Vieira, licenciada do PSDB para apoiar a campanha de Marcelo Freixo (PSOL), acusa o prefeito Eduardo Paes (PMDB) de usar repasses de verbas públicas para comprar o apoio de entidades religiosas a sua campanha de reeleição. Para ela, tal iniciativa “não deixa de ser uma forma de mensalão”.

Nem vou entrar no mérito de que a dona fez uso do termo “mensalão” aproveitando-se da modinha… Agora: se ela já sabia da coisa toda, por que será que deixou para colocar a boca no trombone só esse ano, esse mês, nesse dia, a tão pouco tempo da eleição? Será que ela só aprendeu a enviar e-mail essa semana?   Oo
Esses assessores, hein!, vou te contar…

Mas a parte que me toca mesmo é essa (resumo escrito pelo jornal): Continuar lendo

Palestra de boteco: política discutida entre católicos

E assim, com uma colaboração grandiosa (embora involuntária…), minha trilogia de artigos que tratam de política ultrapassa a clássica série de J. R. R. Tolkien e torna-se uma quadrilogia!

O áudio a seguir é a terceira edição do podcast produzido pelos responsáveis pelo site http://ocatequista.com.br no qual discute-se diversos aspectos relacionados às eleições 2012 (a qualquer uma, obviamente, mas preferi manter a mesma tag), inclusive técnicos, como a explicação do voto proporcional, voto nulo, etc.

Vale a pena conferir e divulgar, inclusive praquele seu amigo que ficou de miolo mole e resolveu votar em candidatos esquerdistas…

Acompanhe os demais artigos da série:

O voto

As pedras do tabuleiro do jogo político

O mito do voto nulo


Fonte: http://ocatequista.com.br/?p=6804

Arquidiocese do Rio de Janeiro contra a cultura da morte!

Saudações!
Seguem três vídeos gravados com proeminentes representantes da Igreja Católica na arquidiocese do Rio de Janeiro.

Caro leitor católico: exercer a nossa fidelidade a Nosso Senhor Jesus Cristo, nosso Salvador é também buscar a fidelidade ao magistério (autoridade do clero) naquilo que está conforme ao Evangelho e à Verdade confiada por Ele à Sua Igreja.

Nestes tempos turbulentos, vejo muitos amigos tentados a apostar em candidatos que aparentam oferecer mudanças significativas e benéficas para nossa comunidade carioca, mesmo lhes sendo apresentada uma visão mais ampla, que alerta para as tendências gravemente anticristãs de seus partidos e até mesmo de suas próprias carreiras políticas.

Aqui no Rio de Janeiro, apesar da firmeza da posição do atual prefeito, Eduardo Paes (PMDB), segundo pesquisas, vem crescendo a adesão ao candidato Marcelo Freixo (PSOL) que é sabidamente abortista, assim como manda a ideologia do seu partido.

Oremos para que Deus nos ilumine e aponte o caminho correto, nos oriente nas escolhas que faremos para este pleito. Que seja a vontade Dele, e não a nossa, a prevalecer.

Vídeo 1
“Dom Orani Tempesta, Arcebispo da Arquidiocese do Rio de Janeiro, alerta a sociedade sobre os perigos da cultura da morte em implantação por poderosas organizações nacionais e internacionais e conclama a responsabilidade de todos diante das consequências do aborto e da eutanásia, numa reflexão profunda sobre as eleições, a reforma do Código Penal e a nova norma técnica do Ministério da Saúde para a prática do aborto.”

Vídeo 2
“Dom Luíz Henrique, Bispo Auxiliar da Arquidiocese do RJ, alerta sobre a importância da defesa da vida do inocente nas eleições de 2012 e conclama toda atenção da sociedade para a escolha de candidatos que não compactuem com as tentativas de implantação do aborto e da eutanásia no Brasil.
Num pronunciamento sensível e corajoso, Dom Luiz Henrique orienta aos cristãos sobre o artíficio da disseminação de meias verdades, como a “liberdade de escolha da mulher”, para a implantação de uma cultura do assassinato e destruição do ser humano. “Toda tentativa de burlar a legislação no sentido de promover o aborto, devemos ter muito cuidado”.

Vídeo 3
“Dom Antônio Augusto Dias Duarte, Bispo Auxiliar da Arquidiocese do RJ, alerta para a importância da escolha de candidatos que sejam exemplo de defesa dos valores da família e da Vida nas eleições 2012 municipais.”


Veja também:

Campanha Municípios em Defesa da Vida

A medida provisória e a estupidez permanente

O rolo compressor do Projeto Sarney

Campanha Municípios em Defesa da Vida

*** CONSULTE A RELAÇÃO DE CANDIDATOS PRÓ-VIDA EM SEU MUNICÍPIO ***

 

Saudações!

Caro leitor,

Política se faz com idéias e gestos concretos. O seu voto, embora não seja propriamente decisivo, inegavelmente contribui para os rumos que a sociedade toma.

Sabemos que o poder de decisão e a capacidade de provocar mudanças significativas em nossas vidas reside nas mãos dos governantes que a maioria elege, de tempos em tempos. Assim sendo, cabe a nós investir com tal poder aqueles homens e mulheres bem preparados para lidar com nossos problemas e atender nossos anseios de colaborar para uma sociedade mais justa.

Ora, a célula fundamental de nossa sociedade civil é o indivíduo, o ser humano. A missão do governante é aplicar esforços pelo bem de cada um de nós. E assim como o mandato de um político eleito possui início e fim bem determinados, também a vida humana possui seu início e fim previstos e confirmados pela razão.

O início da vida humana dá-se com a fecundação, na união dos gametas masculino e feminino. A partir deste ponto, a natureza concorre para o surgimento inequívoco de uma nova pessoa, um novo indivíduo, um novo cidadão; quem sabe até, um novo político!
Devemos, portanto, nos unir para eleger apenas candidatos comprometidos com a causa da valorização deste bem fundamental, a vida.

O gesto concreto que eu proponho aqui é aderir a esta campanha que segue explicada abaixo. O Movimento Brasil Sem Aborto está identificando os postulantes a cargos de vereador e prefeito nessas eleições 2012 e selando com eles um compromisso de atitude, de postura. A equipe do site já fez um bom trabalho de disponibilizar um mecanismo de busca dividido por estado. Lá podem ser conferidos nome, partido, número e cópia do termo de compromisso assinado com firma reconhecida.

Colabore com a campanha, divulgando em seus círculos de amizade, redes sociais, etc. Consulte o candidato da sua região. Pergunte a ele pessoalmente sua opinião e posicionamento quanto ao aborto. Se ele não estiver interessado, preferir não se envolver, ou mesmo for a favor do assassinato de seres humanos inocentes no ventre de suas mães, que futura administração pública poderemos esperar dele? Sem dúvida, uma das mais indignificantes.
Devemos exigir um mandato moralmente correto desde agora, período de campanha.

É nossa chance de sair da inércia e influenciar o cenário político ao nosso redor! Leia a chamada da campanha abaixo. Para conferir a lista dos candidatos participantes, clique aqui.

Proponho ainda um outro gesto concreto: convido a todos para um “tuitaço” nesta quarta-feira, 22, a partir das 13hs, para divulgação maciça da campanha. Vamos postar no twitter mensagens com o link para esta matéria, seguida da hashtag #brasilsemaborto . Ex:

Eu só voto em vereador pró-vida! <LINK ENCURTADO> #brasilsemaborto

A vida depende do seu voto! <LINK ENCURTADO> #brasilsemaborto

Candidato bom é aquele que respeita o direito de nascer! <LINK ENCURTADO> #brasilsemaborto

E por aí vai. Ah! Manifestações via facebook serão também muito bem-vindas!

OBS: o <LINK ENCURTADO> pode ser conseguido copiando o link que vai aparecer no meu twitter @oandarilho01 ou ainda copiando o link completo deste artigo e encurtando-o no http://bit.ly

Campanha Nacional “Municípios em Defesa da Vida”

A VIDA depende do seu VOTO!

Clique aqui e imprima, preencha e reconheça a firma em cartório do TERMO DE COMPROMISSO.

A importância do voto para fortalecer a democracia.

Este ano, mais uma vez, milhões de eleitores em todo o país vão eleger vereadores e vereadoras, prefeitos e prefeitas em 5.563 municípios. A democracia brasileira sairá fortalecida e consolidada, pois a escolha dos governantes e dos parlamentares através do voto é, sem dúvida, o mais nobre de todos os direitos da cidadania. No entanto, faz-se necessário sempre tomarmos consciência da importância do nosso voto. Precisamos estabelecer critérios na hora de escolher as pessoas que vão nos representar nas Câmaras Municipais e  administrar as prefeituras nos próximos quatro anos.

 

O mais importante de todos os direitos humanos – o direito à vida.

Mas que critérios são estes? Além de honestidade, compromisso com a ética e com as necessidades do povo, competência administrativa, é preciso considerar o critério do respeito e valorização da vida.  A prática do aborto que é crime em nosso país, mas que é feito clandestinamente, tem ceifado inúmeras vidas indefesas que são assassinadas covardemente, sendo-lhes negada o mais importante de todos os direitos humanos, o direito à vida. Antes de decidir em quem vai votar para vereador ou vereadora, prefeita ou prefeita, verifique se essa pessoa tem um compromisso verdadeiro com a defesa da vida. Veja se o seu candidato tem compromisso com a promoção de políticas públicas de atenção à maternidade em seu município. Que todas as mulheres que engravidam tenham atendimento de qualidade nos postos de saúde e nos hospitais públicos. Que não permitam a distribuição  da “pílula do dia seguinte” pela rede pública de saúde, uma vez este medicamento tem efeito abortivo, pois intercepta e destrói o óvulo fecundado antes que ele chegue ao útero. Isto se aplica também ao DIU.

Escolha candidatos comprometidos com a  vida – desde a concepção.

Temos que eleger pessoas comprometidas com a defesa da vida do momento da concepção até a morte natural. Lembre-se: a “Vida depende do seu Voto”. Vote em quem é contra o aborto e não defende a sua legalização. Se você ainda não tem o seu candidato ou candidata pró-vida visite o nosso site www.brasilsemaborto.com.br e verifique se na lista dos candidatos pela vida existe alguém do seu município e vote nele ou nela, com a consciência de que seu voto contribuirá para a construção de um Brasil  mais justo, mais solidário e mais humano. Um Brasil sem Aborto.

A VIDA depende do seu VOTO!

Vote em quem é contra a legalização do aborto.

*****

Fonte: http://www.brasilsemaborto.com.br/?action=areafixa&id=8